Qual a diferença entre cloud backup e disaster recovery?

Imagine que, durante uma tempestade, um raio caia em seu escritório e todos os aparelhos eletrônicos queimem. O prejuízo financeiro de ter que repor todos os equipamentos é grande, mas o de perder todas as informações e rotinas de operações do negócio pode ser imensurável. 

Não apenas em situações como a citada anteriormente, mas também em caso de ciberataques, por exemplo, é importante ter um backup das informações do seu negócio. Ou seria melhor ter um plano de disaster recovery e garantir que a operação não seja afetada? 

Ficou em dúvida? Então este artigo é para você! 

Bons insights! 

Backup 

Quando o assunto é criar cópias dos dados para armazená-las em um ambiente diferente do original como forma de prevenir a perda delas, estamos falando sobre backup. Porém, não basta guardar essas informações, é também preciso protegê-las e, quando necessário, também conseguir acessá-las com rapidez. Por isso mesmo, o ideal é recorrer ao serviço de backup em nuvem. 

A armazenagem em nuvem possibilita incrementar a segurança dos dados, uma vez que eles podem ser criptografados na origem, recuperados completa ou granularmente e também armazenados em mídia offsite. 

Disaster recovery 

Já o Disaster Recovery está ligado à continuidade do negócio, ou seja, mais do que a armazenagem dos dados, o DR é o planejamento de processos que possibilitem sua empresa voltar a operar o mais rápido possível caso haja qualquer interrupção de serviços e/ou aplicações. 

Por isso mesmo, é importante preservar as informações essenciais de maneira segura em nuvem e estabelecer processos e métodos que tenham uma infraestrutura capaz de colocar esse planejamento em ação, restabelecendo todo o seu ambiente com suas devidas configurações, assim, você conseguirá manter a sua operação à prova de imprevistos.  

Mas, afinal, como escolher o ideal para a minha empresa? 

Apesar de os conceitos serem bastante parecidos, um complementa o outro, então, a escolha ideal seria optar por ambos! Uma vez que os dados sozinhos não garantem a operação do seu negócio, mas sem que as informações estejam integralmente disponíveis quando necessário, a operação também ficará comprometida. 

Outro ponto a se considerar é que, se o backup não for eficiente, o restauro da operação em caso de disaster recovery poderá ser lento, comprometendo a produtividade (e até mesmo a reputação!) do seu negócio. 

Se você ainda está inseguro ou quer entender um pouco melhor como esses dois serviços funcionam, fale com um Ativer. Temos uma equipe preparada para responder todas as suas dúvidas e ajudar a sua empresa a passar por uma verdadeira transformação digital rumo às nuvens. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.